Skip links

Cálcio e vitamina D auxiliam na formação e manutenção óssea

Cálcio e vitamina D auxiliam na formação e manutenção óssea

O mês de outubro é uma referência no cuidado da saúde feminina. Para as mulheres que elegem esse período do ano para fazer exames e reforçar os hábitos saudáveis, um fator que deve entrar na lista de atenção é a importância da ingestão de cálcio e vitamina D.

Essa atenção deve ser para as mulheres de todas as idades. Porém, em especial para as que estão acima dos 50 anos ou que já entraram no período da menopausa. A diminuição dos níveis de estrogênio reduz a ação da vitamina D, assim como a absorção do cálcio pelos ossos.

O alerta é feito pelo médico e gerente médico da unidade de Consumer Health da Hypera Pharma, Dr. Abrão Abuhab. Ele ressalta que a redução da absorção do cálcio pode causar osteopenia, que é a fase inicial da perda óssea, e osteoporose, que é a diminuição da massa óssea do corpo. Assim, podendo comprometer a saúde e qualidade de vida dos portadores da doença, que tem risco elevado de fraturas e suas complicações.

“Manter os níveis adequados destes nutrientes podem prevenir a osteoporose e reduzir a incidência de fraturas ósseas. Lembrando que são vários os fatores de risco para o desenvolvimento da osteoporose, como a menopausa, o sedentarismo, o tabagismo, o uso de alguns medicamentos como, por exemplo, os corticoides, e a própria dieta inadequada”, ressalta o Dr. Abuhab.

Para esse público feminino, fatores de alerta são: fraqueza muscular, dores articulares, fadiga e até mesmo câimbras, pois podem se manifestar em decorrência da deficiência de cálcio e vitamina D no organismo. Estes sintomas podem ser indicadores destas deficiências que podem ser corrigidas pela dieta e quando necessárias complementadas por suplementos.

Recomenda-se sempre consultar um médico para obter-se a orientação adequada.

Os benefícios do cálcio com a vitamina D

De acordo com o Dr. Abuhab, a vitamina D ajuda o corpo a absorver o mineral, pois tem como uma das principais funções a manutenção do nível de cálcio no sangue. “Uma vez em circulação, a vitamina D controla a quantidade de cálcio que fica disponível para ser absorvido pelos ossos ou para atuar na contração muscular”, afirma.

Além de auxiliar na formação e manutenção de ossos e dentes, o cálcio também auxilia no funcionamento neuromuscular. A contração muscular só é possível, pois o cálcio atua desde a condução do estímulo nervoso, que propaga a informação neurológica, até o músculo. Assim, permitindo que as fibras musculares se movimentem.

Outro nutriente que junto com o cálcio atua na saúde dos ossos é o magnésio, “Com isso vemos a importância de uma dieta equilibrada e a suplementação quando necessário, a exemplo do que pode ocorrer com a menopausa”, finaliza o médico.

Fonte: Guia da Farmácia

Return to top of page