Skip links

Eurofarma lança medicamento para o combate à obesidade e ao sobrepeso

Eurofarma lança medicamento para o combate à obesidade e ao sobrepeso

A partir de outubro, a farmacêutica Eurofarma, anuncia a chegada do medicamento Belviq® (cloridrato de lorcasserina) ao Brasil, que atua no combate à obesidade e ao sobrepeso.

Estudos clínicos mostraram que, após 52 semanas de tratamento, quase metade dos pacientes que usaram lorcasserina perderam 5% ou mais do peso corporal, sendo que cerca de 22% desses pacientes perderam 10% ou mais do peso corporal.

Disponível em todo o País, o novo medicamento da Eurofarma para o combate à obesidade e o sobrepeso é um aliado a mudança no estilo de vida, com dieta e atividade física, para a perda e manutenção do peso. Não sendo uma substância narcótica nem estimulante, Belviq® apresenta boa tolerabilidade e, consequentemente, permite boa aderência ao tratamento. Unido a isso está a segurança cardiovascular, comprovada pelos estudos clínicos. De acordo com os estudos, a taxa de eventos cardiovascular com uso de medicamento foi semelhante ao grupo que usou placebo.

“Belviq® amplia ainda mais nossas soluções para o combate à obesidade e ao sobrepeso, além de trazer segurança e comodidade para médicos e seus pacientes. Este medicamento possui eficácia aliada a segurança e tolerabilidade a fim de reduzir, por exemplo, o efeito sanfona, que tanto agride pacientes que sofrem desse mal”, comenta a diretora comercial da Eurofarma, Roberta Junqueira.

A obesidade no Brasil

A prevalência da obesidade vem aumentando entre adultos, tanto nos países desenvolvidos quanto naqueles em desenvolvimento e, no Brasil, não é diferente. Dados recentes apontam que 54% dos brasileiros estão com sobrepeso e aproximadamente 20% dos brasileiros já são considerados obesos.

De acordo com o Ministério da Saúde, um em cada cinco brasileiros sofre com a obesidade. Nos últimos dez anos, a população obesa no Brasil passou de 11,8% em 2006 para 18,9% em 2016. Assim, representando um crescimento de 60%. Este número é ainda mais alarmante quando levamos em consideração a população entre 18 e 24 anos. O crescimento no número de obesos entre essa faixa etária foi de 110%.

Foto e fonte: Eurofarma

Return to top of page