Skip links

10 dicas de cuidados com a pele durante o carnaval

10 dicas de cuidados com a pele durante o carnaval

O carnaval está chegando e as festas são marcadas pelas fantasias criativas, maquiagens coloridas e muito brilho. Mas, vale lembrar os foliões de que alguns produtos de forma errada podem causar sérios danos à pele e, principalmente, à saúde. “O mais importante em atividades na rua, durante o dia, é usar filtro solar. No caso das maquiagens e tintas, o ideal é utilizar produtos específicos para a pele, evitando alergias. Já para prevenir problemas nos pés, como bolhas, é recomendado escolher calçados confortáveis, evitando saltos, sandálias de tiras e sapatos novos”, alerta a dermatologista e coordenadora do departamento de Cosmiatria Dermatológica da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Dra. Alessandra Romiti. Acompanhe, a seguir, as principais recomendações da entidade e alerte os consumidores na farmácia.

1. Proteção solar
Para evitar queimaduras solares no carnaval, deve-se usar chapéu, óculos de sol e o filtro solar com FPS30, no mínimo, e reaplicar a cada 2h porque o produto sai com o suor. A preferência fica para os filtros solar físicos (com cor), que proporcionam maior aderência à pele; ou aqueles apropriados para esporte, que têm durabilidade e resistência maior ao suor. Se possível, vale usar camisa para também proteger o corpo, principalmente os ombros.

2. Horários de risco
Vale tentar se programar para acordar cedo e aproveitar até às 10h00, fora do horário de pico do sol. Outra dica é deixar para curtir a folia depois das 16h00.

3. Fantasias, maquiagens e purpurinas
Escolher fantasias leves e não exagerar na maquiagem. Usar makes e brilhos de marcas de confiança para evitar dermatite de contato e alergias.

4. Espumas, tintas e sprays
As espumas usadas no carnaval costumam conter substâncias tóxicas. Portanto, deve-se tomar cuidado, pois o contato com a pele pode causar reação alérgica. Já as pinturas podem ocasionar as dermatites de contato. Em relação aos sprays para colorir os cabelos, eles podem provocar ardência ou coceira depois da aplicação. Após usar algum desses produtos e desenvolver qualquer tipo de irritação, a recomendação é lavar a área afetada imediatamente e, em casos de piora, procurar um dermatologista associado à SBD (http://www.sbd.org.br/associados/).

5. Cuidado especial com as crianças
Se a ideia é levar as crianças para o bloco ou praia, vale tomar alguns cuidados com os pequenos, evitando fantasias com tecidos sintéticos que esquentam e podem causar alergia; aproveitando fantasias que tenham chapéus, principalmente os de aba larga; e não deixando as crianças com roupas molhadas para não provocar micoses. Essas dicas também servem para os adultos.

6. Atenção às queimaduras
Sempre que entrar em contato com frutas cítricas (limão, tangerina e caju), seja in natura, sucos ou picolés, lave muito bem a região com água e sabonete e aplicar o protetor solar na região antes da exposição solar para evitar queimaduras e manchas.

7. Cuidados com os pés
Proteger os pés de calosidades, traumas e risco de cortes. Usar sapatos confortáveis, folgados ou tênis. Se tiver bolhas nos pés, o melhor é não estourar para não infeccionar e proteger o local com um curativo e usar calçados que não provoquem atrito na região.

8. Picadas de inseto
Não se esquecer de passar o repelente. Ele deve ser aplicado por cima do filtro solar e das roupas. O produto deve ser reaplicado da mesma maneira.

9. Atenção redobrada com a hidratação
Durante o verão e as festas de carnaval é muito comum as pessoas começarem a suar mais. A desidratação é o principal sintoma do excesso de suor, então, é aconselhável beber muita água.

10. Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs)
As ISTs podem trazer uma série de danos à saúde. Por isso, não se deve esquecer a camisinha para evitar doenças como Sífilis, HPV, HIV, Hepatites B e C.

Fonte: Guia da Farmácia

Return to top of page